É tetra, é tetra!

8 de março de 2017


É TETRAAAAAAAAAAAA!!!!!!

Dia 06 desse mês, segunda agora, fez quatro anos que eu e Bruno estamos namorando. Quatro anos! O Orkut, que está morto nesse momento mas vivo em nossos corações, foi quem nos uniu e fez tudo isso acontecer. Não fosse ele, o MSN e os literalmente milhares de SMS, certamente não estaríamos onde estamos hoje. Namorar a distância foi difícil mas a conversa constante amenizou bastante os efeitos causados pela tristeza de não haver teletransporte no eixo SP-RS. Felizmente essa distância não existe mais e o único fator que nos impede de ir no cinema juntinhos quando nos dá na telha é o dinheiro e não os vários estados que até então nos separava. A vida é uma loucura e as vezes é linda demais.

Queria postar monte de foto de nós dois, em todos os lugares que fomos, de tudo que fizemos. Até procurei por aqui, mas no meu computador não tem nada e no celular só tem foto muito tosca, que é a mesma coisa de nada. O fato é que a gente não sabe tirar foto da gente mesmo, então nunca há registros decentes de nós dois. Encontrei essas duas fotos de 2013 no meu Tumblr abandonado. A calça da primeira foto que estou vestindo já foi pro lixo faz tempo e a camisa que Bruno tá usando eu queimei com ferro, embora nunca admita (oops).

* * *

Não sei mais escrever cartinha fofa (e talvez nunca tenha sabido), mas posso tentar definir o que sinto por você dizendo que o brilho nos olhos e o coração quentinho é uma constante. Obrigada por tudo, eu te amo, eu te amo, eu te amo <3

Desapega, desapega

2 de março de 2017
É meia noite e meia e tenho zero por cento de sono no momento. Nem tomei café, juro. Provavelmente é por ter dormido demais hoje de manhã, mas prefiro culpar a ansiedade que sinto em voltar às aulas. Depois de um ano longe de uma sala, na próxima segunda-feira finalmente eu recomeço em algo completamente diferente do que fazia antes mas com muito mais certezas e brilho nos olhos.

Falarei por aqui sobre, mas sempre acho que dá azar dar spoilers dos planos felizes que estão para acontecer. Quando começar de fato digo o que é.

* * *

Eu & mozão estamos mobiliando o apartamento via OLX. Nosso passatempo de casal é pesquisar coisas pelo site, bater papo com os vendedores sobre suas respectivas mercadorias e esperar que no final tudo dê certo e todo mundo fique feliz para sempre. Também estamos vendendo nossas coisas para comprar novas coisas. Enquanto a gente enrubesce e fica sem graça só de cogitar pechinchar algo que julgamos já ser muito barato, quase todos que demonstraram interesse em nossos pertences não só pechincharam nível quase querer de graça como também ofereceram em troca cachorro de raça (eu lá disse que queria cachorro?), espingarda (!!!) e capacete de qualquer coisa (somos sedentários sem carteira de motorista, desculpa).

Pois então.

Temos essa ideia de fazer nossa humilde residência parecer com uma casa de vó. No início parecia brincadeira, mas é exatamente assim que tá começando a tomar forma e eu tô amando cada vez mais isso. Queremos o máximo possível de móveis em madeira-madeira (não madeira-mdf ou qualquer coisa imitando madeira) e, de preferência, que seja antigo.

Já conseguimos garimpar por lá (mas também em grupos de brique no Facebook) vários achados maravilhosos, como uma penteadeira com um espelho redondo enorme e muitas gavetas, uma estante para sala com prateleiras que cabem todos nossos livros, um jogo de sofá 3 lugares + 2 poltronas, uma máquina de costura antiga da Singer com todas as peças & manual e uma cristaleira enorme que servirá como armário de cozinha.Tudo por um preço muito bom mesmo.

Nem tudo é perfeito, claro. Há arranhões, manchas, focos de cupim, estofado que precisa ser trocado. Muitas marcas afirmando que aquele móvel já fez parte da vida de outra casa. Pretendemos arrumar aos poucos, e conforme formos arrumando, quero registrar aqui. É bonito demais ver um espaço vazio se tornar nossa cara aos poucos 💜
 

Follow by Email

Theme e conteúdo por Marina R. - © Marina's Journal 2011 ~ 2017